Saiba+ Jalapão Tocantins

 

O Tocantins é uma das 27 unidades federativas do Brasil, sendo o seu mais novo estado. Está localizado a sudeste da Região Norte e ocupa uma área de 277.720 km². Sua capital é a cidade planejada de Palmas.

O nome “Tocantins” é uma referência ao rio Tocantins e é um termo oriundo do tupi antigo que significa “bicos de tucanos”, através da junção dos termos tukana (“tucanos”) e tim (“bicos”). O nome do rio, por sua vez, é uma referência à tribo indígena que habitava a região na época da chegada dos primeiros colonizadores portugueses.

Jalapão

O Parque Estadual do Jalapão (158.885 hectares) é um dos conjuntos naturais mais exuberantes de Tocantins, com suas rochas arenosas formadas por depósitos marinhos há bilhões de anos.

A vegetação do cerrado combinada com as dunas de areias avermelhadas, serras, vales, veredas e cachoeiras de águas azuis e verde-esmeralda, deixa no visitante a sensação de estar vendo algo surreal.

Principais atrativos

Dunas – No pôr do sol, o alaranjado das dunas se mistura com as cores do céu, ampliando o horizonte. São formações de mais de 30 metros de altura, cercadas por imensos chapadões, cortadas por córregos e pela mata verde.

Cachoeira do Formiga – Uma verdadeira joia natural! Uma série de pequenas quedas d’água formam uma piscina com águas de raro tom verde-esmeralda, límpidas e de transparência reveladora da areia branca ao fundo. Adorna esse banho uma vegetação exuberante, formada por árvores altas, samambaias e pequenas palmeiras nativas.

Cachoeira da Velha – Trata-se de um espetáculo para apreciar de longe, admirando a grandiosidade e a força da natureza. Alimentada pelo Rio Novo é a maior do Jalapão, formada por paredões de 15 metros de altura por onde as águas despencam tornando-se revoltas e brancas pela espuma.

Praias do Rio Novo – O mais belo rio do Jalapão forma praias belíssimas ideais para um banho tranquilo e momentos de descontração.

Fervedouros – Aqui você se sentirá como uma criança, brincando de tentar afundar, mas sem nunca conseguir porque os fervedouros abrigam nascentes. Entre suas areias brancas e finas a água brota do fundo, fazendo pressão e suspendendo o banhista. A sensação é de leveza e de desafio à lei da gravidade.

Pedra Furada – Esculpido pela ação do vento e das águas sobre o arenito, esse monumento natural tem, aproximadamente, 100 metros de extensão, deixando de ver de um  lado a outro do morro.

Capim Dourado – Nas veredas próximo ao povoado de Mumbuca brota um vegetal único do Jalapão, o “Ouro do Jalapão”. Uma flor da espécie sempre-viva com haste de raro brilho metálico. Conta-se que as mulheres aprenderam com índios que habitavam o local a produzir artesanato em capim dourado, que se fez tradição, tendo suas técnicas passadas de mãe para filha. Confira as histórias que guarda esse pequeno povoado, originado de um quilombo, e aproveite para ver essa gente simples produzir uma arte que expandiu as fronteiras do Brasil.

Fonte: Tocantins – A Sétima Maravilha da Amazônia; Revelando Tocantins
Saiba+ Jalapão Tocantinselson